Contratos inteligentes: descubra o que são e como funcionam

Em menos de uma década de desenvolvimento, a tecnologia Blockchain e os “smart contracts”, os chamados contratos inteligentes, já começam a impactar nossa sociedade de uma forma jamais esperada.
Em menos de uma década de desenvolvimento, a tecnologia Blockchain e os “smart contracts”, os chamados contratos inteligentes, já começam a impactar nossa sociedade de uma forma jamais esperada.

Trata-se de uma inovação disruptiva que está emergindo como uma tendência tecnológica irrefreável e, sobretudo, irreversível.

A revolução proporcionada por esse novo ciberespaço está modificando, de forma definitiva, a forma como as pessoas se relacionam, transformando seus hábitos, formas de produção e consumo.

Diante disso, as empresas também veem obrigadas a adaptar esse novo formato, criando novas formas de comercializar seus produtos e serviços. Faça o átomo ao bit, não apenas o Direito, mas toda a sociedade humana foi transformada .

O futuro é brilhante e promissor, desde que você esteja preparado para ele.

Seguindo essa perspectiva, muitas empresas iniciam seus próprios laboratórios de pesquisa e desenvolvem novos modelos de negócios pautados na lógica descentralizada dessas experiências.

Compreender um Blockchain e executar todo o seu potencial, dentre eles, como infinitas possibilidades de contratos inteligentes , como entender o seu funcionamento, é fundamental para aqueles que querem se exibir e estar preparado para os novos desafios que emergem ou avançam nessa tecnologia.

Para usar nessa empreitada, disponibilize este conteúdo com o intuito de guiá-los nos primeiros passos deste novo mundo. Aproveite da melhor forma possível!

Continue lendo esse artigo e descubra:

  • O que é Blockchain?
  • O que são contratos inteligentes?
  • Quando e como surgiram os contratos inteligentes?
  • Como funciona os contratos inteligentes?
  • Como criar um contrato inteligente?
  • Como os contratos inteligentes podem ser usados na prática?
  • Quais são as vantagens e desvantagens dos contratos inteligentes?
  • Conclusão
“Você tem que deixar tudo ir, Neo. Medo, dúvida e descrença. Liberte sua mente ". Morfeu, Matrix.
1. O QUE É BLOCKCHAIN?
O termo Blockchain descreve ou conjunto de tecnologias que envolvem uma arquitetura criptográfica distribuída de sistemas computacionais descentralizados , como um banco de dados permanentes e imutável que contém todas as gravações que são executadas em todos os usuários da rede.



Podemos dizer que trata de uma espécie de tecnologia de contabilidade distribuída, ou seja, um livro de razão pública e distribuída 1 (razão), em que cada transação é digitalmente assinada com o objetivo de garantir sua autenticidade e garantir que alguém adultere, de forma que o próprio registro e os valores existentes dentro dele são considerados de alta integridade.

Com um Blockchain, como as caixas eletrônicas podem ser verificadas e registradas automaticamente a partir de nós presentes na rede por meio de algoritmos criptográficos, sem intervenção humana, autoridade central ou autoridade de controle de pontos, tais como registros financeiros, bancos ou outras entidades centralizadas.



Como podemos perceber a imagem acima, no blockchain P2P ( peer-to-peer ), cada transação é armazenada no seu próprio bloco e cada bloco é vinculado aos blocos que vieram antes dele, criando uma cadeia de blocos.

É o tipo de interação que criou o nome Blockchain. Quando algo é gravado no Blockchain, é permanente e a informação é transparente. Uma transação não pode ser alterada nem retirada do livro, por isso é armazenada para sempre no sistema Blockchain2.

Um Blockchain e como implicações cibernéticas exige seu desenvolvimento, altera a face da sociedade ou qualifica-se. E essa revolução está apenas por começar!
2. O QUE SÃO CONTRATOS INTELIGENTES?
O termo contrato inteligente ou “contrato inteligente” pode se referir a qualquer contrato que seja capaz de ser executado ou de executar por si, formalizando negociações entre duas ou mais partes, indicando intermediários centralizados.

Nesse sentido, um contrato inteligente nada mais é um código que pode definir regras estritas e consequências da mesma forma que um documento legal tradicional, estabelecendo como benefícios, benefícios e penalidades que podem ser devidas a qualquer parte das várias partes diferentes, usadas nas relações entre uma rede.

Neste protocolo de computador auto-executável, diferentemente de um contrato tradicional escrito em linguagem jurídica, um contrato inteligente é capaz de obter informações, processa-se e toma-se como devidas ações de acordo com regras de contrato.
Portanto, como cláusulas precisam ser parciais ou completamente auto-executáveis, auto-obrigatórias ou ambas. Uma vez que esses requisitos são atendidos, a tecnologia do contrato inteligente pode prosseguir com a conclusão automática das configurações.

A maioria dos negócios, se não todos, exigem algum elemento de confiança, como por exemplo, ao fazer uma compra on-line, ou o cliente confia que a empresa envia ou o produto após a realização do pagamento.

Por sua vez, o dono do estabelecimento confia que, após o envio do produto, o crédito do cliente que foi usado para comprar o produto não será revertido, para o cliente que não tenha o produto de graça.

Até agora, situações como esta foram resolvidas por partes como partes, confiando ou pagamento a grandes instituições prestadoras desse tipo de serviço nas quais duas partes.

Mesmo que a Internet permita que as pessoas compreendam e vendam produtos entre si, a maioria das pessoas no mundo acontece por um único site gigante chamado eBay (no Brasil, no Mercado Livre), devido a um problema de confiança.

Esses intermediários cobram taxas e têm lucros gigantescos, além de importar seus limites e controles sobre quem e como as pessoas podem negociar, portanto, limitando gravemente nossa liberdade e nosso direito a troca e ao comércio livre .

Por isso, ao resolver ou resolver problemas de confiança sem a necessidade de um terceiro ou intermediário centralizado, os pagamentos inteligentes podem reduzir os custos de transação e os preços para o consumidor, além de aumentar a liberdade para os negócios que são gerados da maneira que pessoas envolvidas no processo quererem melhor.

Não é o que prefere conceituar como redes descentralizadas Blockchain como plataformas de protocolo de confiança para smartphones, como quais são garantidas criptograficamente ou que chamamos de “boa fé computacional” de nós (pares) da rede, tema que será oferecido de forma mais aprofundada em outros artigos.

Portanto, quando falharmos em Blockchain e contratos inteligentes, estamos referenciando protocolos computacionais de confiança e não apenas algumas regras para pagamentos de valores e dinheiro digital, uma vez que isso não seja retomado, possuindo implicações bem mais profundas, como será demonstrado nos topicos a seguir.
Clique aqui e Junte-se ao MMMBSC agora mesmo e seja financeiramente livre.
 

Attachments:

Last edited:
Top